Aluno de engenharia de produção, Lucas Galvão aponta os três líderes brasileiras que mais admira - da área da aviação à gastronomia

Aos 20 anos, Lucas Galvão estagia em uma empresa que fabrica plástico. Ao contrário de muitos colegas, ele não almeja, no momento, buscar uma vaga em uma multinacional. “Por trabalhar em uma empresa menor, tenho a oportunidade de ver de perto o processo inteiro e de me aprofundar em como funcionam diferentes áreas”, diz. Cursando o sétimo semestre de Engenharia de Produção, ele acredita que este seja o momento de investir na sua carreira. “Para conseguir desenhar a estratégia de uma empresa é importante ter uma bagagem técnica sobre o que você produz. Essa visão geral é o grande diferencial de um gestor de sucesso”, afirma. A seguir, os três empresários que Lucas tem como exemplo.

1 PAULO KAKINOFF

Presidente da Gol Linhas Aéreas Inteligentes

“Ainda muito jovem, ele começou na área de assistência técnica da Volkswagen, passou por diversos setores da empresa até se tornar, aos 34 anos, presidente da Audi Brasil. Quando aceitou o desafio de mudar totalmente de segmento, fez até curso de pilotagem para desenvolver conhecimentos técnicos sobre o setor e sobre a operação. É um exemplo de como um gestor tem de ser.”

2 JORGE PAULO LEMANN

Sócio-fundador da AB INBEV e da 3G Capital

“Ele é conhecido pela gestão radical de trabalhar com os menores custos possíveis dentro da empresa. Quando comprou a maior cervejaria do mundo, viu que o presidente só viajava de primeira classe, por exemplo. Ele cortou esse e qualquer outro tipo de regalia. E é assim até hoje. Admiro sua ousadia.”

3 BERNARDO HEES

CEO da Kraft Heinz

“Gosto da sua filosofia de que o presidente de uma empresa não deve tomar decisão nenhuma. Ele deve, sim, é saber fazer as perguntas certas e montar o time perfeito para ter as respostas. Assim como ele, acredito que uma empresa só alcança o sucesso quando tem uma boa equipe.”