Maria Homem indica aos estudantes da FAAP cinco textos fundamentais da psicanálise e da literatura

Psicologia das Massas, de Sigmund Freud (1921)
“O sistema de pensamento freudiano embasando uma das mais finas análises do funcionamento social.”

A dupla chama, de Octavio Paz (1993)
“Uma análise ampla, culta e poética sobre o amor e o erotismo. Urgente em tempos de ódio.”

Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis (1881)
“Crua e precisa lupa sobre linhas essenciais do Brasil.”

Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa (1956)
“Obra-prima da literatura mundial escrita em língua portuguesa.”

Todos os contos, de Clarice Lispector (2016)
“Olhar penetrante sobre o escuro da alma e das relações.”