Estudantes do curso de jornalismo respondem

A escrita sempre foi a maneira mais bonita e sincera de expressar o modo como enxergo o mundo. Acho que precisamos acreditar no poder que as palavras têm e hoje, mais do que nunca, elas têm que estar carregadas de verdade. Este é o compromisso principal do jornalista e nosso grande desafio”.

LARISSA RUFATO TOSI

21 anos | 7o semestre e autora do blog www.trezesorrisos.com

“Sinto necessidade de usar a virtude que tenho de escrever e organizar informações para produzir coisas que possam, de alguma forma, esclarecer o público sobre um tema. O jornalismo permite contar histórias humanas e sensibilizar as pessoas”.

LEONARDO RODRIGUES LOPES

21 anos | 7o semestre

 

“Sou apaixonada por jornalismo de guerra: meu sonho é ser correspondente em zonas de conflito. Vejo os jornalistas reportando a guerra na Síria e acho o trabalho muito importante. Também gosto da ideia de não ter uma rotina, de a cada hora ter que lidar algo com diferente e entrevistar pessoas com perfis distintos”

GABRIELA GHIRALDELLI QUEIROZ

18 anos | 3o semestre

“Antes de entrar no Jornalismo estudei um semestre de fisioterapia, mas percebi que o curso não me permitiria fazer o que realmente gosto: me comunicar, viajar e conhecer pessoas. Tenho vontade de trabalhar com jornalismo literário e, quem sabe, entrar para o mundo acadêmico”

MARIA BEATRIZ SILVA BARBOSA

20 anos | 1o semestre

 

“O Jornalismo é a profissão que me fará entrar em mundos diferentes e vai exigir que eu aprenda um pouco a cada dia sobre assuntos diversos. Gosto muito de revistas como a Piauí, que tem longas e profundas reportagens”

GIORDANO MOREIRA

17 anos | 1o semestre

 

“Sou formada em Cinema e decidi estudar Jornalismo para poder trabalhar como crítica de cinema, que é o meu sonho. O primeiro curso me da técnica e o de agora me ajuda a aperfeiçoar a escrita. Me imagino trabalhando em plataformas digitais, como o Omelete e o Update or Die!

MARIANA MENENDEZ

24 anos |  5o semestre