Beatriz Fernandes e a escolha certeira no direito

Você se lembra do momento exato em que escolheu qual curso faria na faculdade? Beatriz Cristhina dos Santos Fernandes, sim. “Eu sonhava em ser médica. Desde pequena, repetia isso. Até o dia em que, por acaso, assisti ao julgamento do assassinato da advogada Mércia Nakashima na TV”, conta. “Me marcou tanto… Eu me vi fazendo aquilo. E daí coloquei na cabeça que seria juíza.” Depois de cinco anos, Beatriz mantém o mesmo entusiasmo de quando entrou na faculdade. “Eu digo que o meu amor pelo Direito surgiu desde o primeiro dia de aula, com os professores contando os casos em que eles trabalharam.”

Ela mesma tem algumas histórias para contar, do tempo em que estagiou no Juizado Especial Cível da FAAP e atuava no processo de pequenas causas. “O JEC é uma oportunidade incrível que a FAAP oferece para quem está começando. E eu sempre tive o perfil de aproveitar todas as brechas que aparecem”, diz, ao lembrar das aulas de extensão em direitos humanos e do programa de formação múltipla, no qual o aluno pode fazer até quatro matérias por semestre. No caso de Beatriz, as disciplinas escolhidas foram de Gestão do Luxo e Administração Contemporânea.

“É muito interessante passar a enxergar com um viés de negócios e serviços, e não apenas jurídico. Minha vontade é fazer mais matérias para conseguir uma dupla formação, agora em Administração”.

Ela já pensa em um novo curso, porque acaba de concluir a graduação em Direito com um TCC muito elogiado, que se baseia na sua trajetória particular com uma ótica jurídica. “Eu nasci com uma síndrome e senti na pele o que é precisar de um tratamento, de uma prótese, e o SUS não poder te dar porque não tem recurso”, conta. “É por isso que no meu projeto eu trato do direito à saúde”, diz ela, que, depois de 23 anos de tratamento, finaliza o processo junto com a faculdade. “Sou realizada por ter chegado até aqui e poder contar essa história.”

SAIBA MAIS SOBRE A FORMAÇÃO MÚLTIPLA 

A FAAP oferece aos alunos da graduação a possibilidade de cursar até quatro disciplinas, por semestre, de qualquer curso da graduação, sem custos extras.