Relembre a primeira edição de ciclo de conferências TEDx na FAAP

Quem sabe faz ao vivo, já dizia o bordão. Eis que oito convidados toparam o desafio de falar sobre uma das questões que mais afligem estudantes atualmente: O que é “profissional do futuro?”. Esse foi o mote do ciclo de conferências TEDxFAAP, organizado pela faculdade nos mesmos moldes das palestras dinâmicas que visam disseminar ideias inovadoras e viraram febre no YouTube. O roteiro foi o mesmo para todos: um microfone, um telão para projeção de imagens e 18 minutos cronometrados. O resultado, porém, não poderia ser mais plural.

Grandes nomes de diferentes áreas, alguns ligados diretamente à formação acadêmica, como a internacionalista Fernanda Magnotta, coordenadora do curso de Relações Internacionais da FAAP, e o ex-ministro da Educação Renato Janine Ribeiro, exploraram o tema a partir de diferentes ângulos. De um lado, o novo cenário no mercado de trabalho, do outro, as transformações de paradigmas na sociedade atual.

Michelle Schneider, head de educação no LinkedIn, elevou o papel das faculdades, que devem investir no ensino de novas habilidades para o futuro, como pensamento analítico, liderança, gestão e criatividade. “Uma palestra do TED é igual a uma maratona, precisa de muito treino para chegar no fim inteiro! Incrível a FAAP organizar um evento como esse, que provoca e estimula o aluno.”

Incrível a FAAP organizar um evento como esse, que provoca e estimula o aluno – Michelle Schneider, head de educação no Linkedin

Já Marcelo Tas, um dos mais aplaudidos após a conferência, aposta na comunicação como a principal ferramenta para navegar em um mundo em constante transformação. “As instituições e empresas estão preparadas para agregar as novas gerações? Ou vão continuar subestimando os jovens?”

Para completar o time, a FAAP convidou também a jornalista do G1 Claudia Croitor, que abordou as mudanças na distribuição de notícias; João Paulo Almeida, formado em letras e atualmente responsável pela formação de professores na Somos Educação; além de Maira Habimorad, cofundadora das plataformas direcionadas à capacitação de jovens Bettha.com e Biruta; e Raquel Alves, presidente do Instituto Rubem Alves. “Gostei da diversidade dos palestrantes, especialmente na maneira como abordaram a importância de sempre continuar aprendendo”, diz a estudante Mariana Coelho Prado, aluna do 3o semestre na Faculdade de Direito. “São eventos como esse que nos deixam mais otimistas com o futuro.”

As instituições e empresas estão preparadas para agregar as novas gerações? Ou vão continuar subestimando os jovens? – Marcelo Tas, comunicador