Fórum FAAP de Discussão Estudantil recebe ex-ministro da Educação Renato Janine Ribeiro

Educação e política são os assuntos favoritos de Renato Janine Ribeiro há mais de 40 anos, quando se tornou professor de Filosofia. Autor de diversos livros na área, sendo o mais recente A pátria educadora em colapso, lançado em junho de 2018, o ex-ministro da Educação foi o convidado de honra da cerimônia de abertura do 15o Fórum FAAP de Discussão Estudantil, evento que simula reuniões e encontros nos moldes das Nações Unidas e reuniu cerca de 600 alunos do ensino médio de 45 escolas. Em entrevista após o evento, Renato Janine Ribeiro falou sobre a falta de diálogo no cenário político atual e sua experiência à frente do MEC.

No momento atual, qual a importância de eventos como o Fórum FAAP, que estimulam o diálogo entre pessoas de diferentes opiniões?
Inciativas como essa são relevantes, porque, infelizmente, existe um clima de ódio que se instalou no país, onde há uma dificuldade enorme de as pessoas se escutarem. Perdemos o respeito e a crença de que todos merecem respeito, o afeto no sentido mais amplo da palavra.

Como foi a sua experiência como Ministro da Educação? Aceitaria um novo convite?
Se tivesse a oportunidade, sim, claro que gostaria. Quando você passa por uma experiência como essa, você entende melhor a complexidade da área da educação no Brasil. Fiquei apaixonado pelo MEC, pelo potencial transformador que ele tem, por aquilo que ele já faz e o que ainda pode fazer no futuro.

Que obras da literatura você indica para os estudantes interessados em política?
Me interessa muito a literatura que convida o leitor a participar das decisões. Bom exemplo é o livro O jardineiro fiel, do escritor John Le Carré.