Professores indicam obras que têm a música como pano de fundo

A afinação do mundo, de R. Murray Schafer. Editora Unesp, 2011

“Compositor e professor, o autor canadense estuda o som e o ambiente sônico. Ele idealizou o projeto Paisagem Sonora Mundial, cujos resultados são revelados neste livro. A obra apresenta um rico conteúdo sobre a Paisagem Sonora, neologismo criado por ele há mais de 40 anos, relatando sua evolução desde o mundo antigo até o pós-industrial.”

Cleber Gazana, professor do curso de Artes Plásticas da FAAP

Chega de saudade, de Ruy Castro. Editora Companhia das Letras, 1990

“No final da década de 50, a batida de João Gilberto iria incentivar a bossa, que não era só nova, mas também revolucionária. Através dos registros dos encontros na casa de Nara Leão, da parceira de Tom e Vinicius e de tantos outros acontecimentos, o livro é um delicioso passeio pela história desse ritmo, das personalidades e de como a nossa música nunca mais seria a mesma.”

João Ricardo Costa Filho, professor do curso de Economia da FAAP

 

Vida, de Keith Richards. Editora Globo, 2013

“De tudo o que a década de 60 pôde oferecer, Keith Richards não é apenas o guitarrista fundador dos Rolling Stones, é um inesperado sobrevivente. Em sua autobiografia Vida, ele expõe tudo: dos acessos de estrelismo de Mick Jagger à morte de Brian Jones. A escrita contém muita sinceridade e deboche, tornando a leitura interessante mesmo para quem não é fã dos Stones.”

Mariana Setubal, professora do curso de Comunicação e Marketing da FAAP