Diego veio da Espanha. Lucas foi para a Itália

SÃO PAULO

DIEGO RIVAS PEREZ

Idade: 22 anos
Cidade e país de origem: Madri, Espanha
Começou o intercâmbio em: 
agosto de 2015
Data prevista de retorno ao seu país: junho de 2016
Curso que faz na universidade de origem: Arquitetura, Universidad Politécnica de Madrid
Curso que faz no intercâmbio: 
Arquitetura

1. Por que você escolheu esse destino?
Sempre tive vontade de aprender português e escolhi o Brasil por ser o principal país da América Latina. Além disso, estava em busca de uma faculdade conhecida pelo seu curso de Arquitetura e a FAAP me pareceu o lugar ideal.

2. Como a experiência complementou seu curso?
Ampliar o seu repertório cultural é fundamental na Arquitetura. Conhecer um novo país e viver o seu dia a dia é ótimo para ganharmos referências. Eu gostei muito do Copan, no centro de São Paulo. Esta é uma oportunidade de descobrir as influências de cada cultura e como isso reflete na arquitetura. Tenho certeza de que vou levar todo esse conhecimento para a minha carreira.

3. Você recomendaria o intercâmbio para outros estudantes?
Fazer o intercâmbio é ótimo. E o curso de Arquitetura da FAAP é muito bom. O que mais gostei foi a possibilidade de fazer matérias de outros cursos. Diria aos meus amigos que é muito fácil se adaptar a São Paulo. Os brasileiros são engraçados e acolhem rapidamente os estrangeiros.

ROMA

LUCAS TAKAMATSU

Lucas Takamatsu, na ilha de Capri, em viagem feita durante o intercâmbio

Idade: 22 anos
Cidade e país de origem: Roma, Itália
Começou o intercâmbio em: janeiro de 2015
Data de retorno ao seu país: julho de 2015
Curso que faz na FAAP: Direito
Curso que fez no 
intercâmbio: Direito, na Libera Universita Guido Carli

1. Por que você escolheu esse destino?
Desde sempre fui muito conectado com as minhas raízes italianas, pelo lado do meu pai. E sempre tive o sonho de viver a bella vita. Roma é uma cidade maravilhosa. Por ser muito antiga, sempre é possível encontrar algo que te surpreende, que você não notaria em uma visita de poucos dias.

2.Como a experiência complementou seu curso?
Aprendi muita coisa além do Direito. Por exemplo, Relações Internacionais. Na Itália, os professores sempre mencionam a União Europeia nas aulas, então agora posso utilizar o que aprendi aqui, na FAAP. Além disso, você aprende a se abrir e a lidar com problemas novos a cada dia. É uma espécie de treinamento para situações adversas no futuro.

3.Você recomendaria o intercâmbio para outros estudantes?
Viajar é algo que agrega em todos os sentidos, inclusive profissionalmente. Você se vê obrigado a conversar e a ter contato com pessoas diferentes, o que é muito valorizado no mercado. E a orientação do Departamento de Intercâmbio da FAAP foi muito importante. Eles me apresentaram faculdades de alto padrão em diversas cidades italianas e fui a Roma com a certeza de que tinha feito a escolha certa. O intercâmbio é uma excelente experiência.

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO
A FAAP tem convênio com mais de 380 instituições de ensino pelo mundo. São 50 destinos, entre eles: Alemanha, França, EUA, China e Japão. A cada ano, a Fundação envia e recebe alunos interessados em ter experiência de aprendizado internacional.
Saiba mais: faap.br/internacionalizacao