Novas metodologias de ensino são tema de curso da FAAP

Como engajar os alunos da chamada geração Z ou pós-millennials, que sempre tiveram a internet a seu alcance? Foi pensando neles que o Núcleo Interdisciplinar de Professores da FAAP (NIP) organizou a capacitação Estratégias de Aprendizagem Ativa e suas Aplicações, voltada para professores que desejam renovar seu arsenal de ideias, incluindo o uso de aplicativos e trabalhos interdisciplinares, formação de grupos heterogêneos.

O projeto foi conduzido por um corpo docente diverso e contou com 13 professores – que fizeram as vezes de alunos. “Queremos estudantes mais participativos, mas isso começa quando abrimos a cabeça de todos os envolvidos, reunindo experiências e compartilhando resultados interessantes”, diz Amanda Veit Braune, da Faculdade de Engenharia, que ministrou o curso ao lado de Claudia Andreoli Muniz (Arquitetura e Urbanismo), Karina Bousso (Comunicação e Marketing), Mayara Ferrari Longuini (Direito) e Nathalie de Almeida Hornhardt (Comunicação e Marketing).

O professor José Geraldo Soares de Mello Júnior, que leciona nas faculdades de Economia e Administração há muitos anos, participou do curso e já adotou novas metodologias ativas em sala. “Os alunos ficaram mais empolgados e interessados que nas aulas convencionais”, diz. “Ao transferir o protagonismo para os estudantes, surgem temas complementares ao aprendizado. Isso é muito positivo.”